top of page

Missas e eventos da Paróquia

FESTA DE SÃO BENEDITO SERÁ TRANSFERIDA PARA OUTUBRO




A tradicional festa de São Benedito de Itu, normalmente celebrada em 6 de janeiro, será realizada no dia 5 de outubro, acompanhando a data estabelecida pela Igreja no Brasil. A mudança – a princípio, somente para este ano – acontece principalmente pela dificuldade em encontrar pessoas para ajudar na festa.

A decisão pela mudança foi tomada pelo padre Francisco Carlos, pároco da Paróquia Nossa Senhora da Candelária, à qual pertence a Comunidade São Benedito. Segundo padre Francisco, o fator que motivou a alteração foi a questão dos colaboradores.

“Estamos vivendo um momento pós pandemia, em que estamos tendo que se readequar a uma série de novas situações. Infelizmente, muitos do que colaboravam não estão mais disponíveis devido à idade e outros não retornaram mesmo. Dessa forma, ao invés de cancelar a festa ou mesmo fazer só a parte litúrgica, resolvemos transferir para a data litúrgica de São Benedito, que é 5 de outubro, quando então teremos a oportunidade de fazer uma festa melhor”, explicou o pároco.

Padre Francisco ressalta que não é contra a tradição e tão pouco deseja acabar com ela. “Respeito a tradição, cultura e costumes, jamais tive a ideia de acabar com a festa. Isso nunca me passou pela cabeça. Apenas neste ano vamos transferir para poder nos adaptar a essa nova situação que surgiu. Se tudo ocorrer dentro do previsto, no ano que vem voltaremos a realizar a Festa de São Benedito no mês de janeiro”, concluiu padre Francisco Carlos.

O dia de São Benedito

São Benedito é um dos santos mais queridos e populares no Brasil. Cultuado inicialmente pelos escravos negros, por causa da cor de sua pele e de sua origem – era africano e negro – passou a ser amado por toda a população como exemplo de humildade e de pobreza.

Como aconteceu com outras festas religiosas populares no Brasil, a celebração da memória de São Benedito foi estabelecida de acordo com cada região, especialmente por conta das relações que a tradição popular estabeleceu ao longo dos anos. Em várias cidades do Vale do Paraíba – como Taubaté, Cachoeira Paulista, Guaratinguetá, Lagoinha e Pindamonhangaba – São Benedito é celebrado na segunda-feira após a Páscoa, tradição que teve início na época da escravidão, quando os escravos não podiam comemorar a páscoa junto com os “donos de terras”. Por conta disso, eles celebravam a data no dia seguinte, tendo São Benedito, um santo negro, como principal homenageado. Em Itapira, outra cidade do interior paulista, a festa de São Benedito também tem grande importância para os negros, sendo comemorada em 13 de maio, dia da abolição da escravatura.

Em Itu, a celebração de São Benedito está relacionada ao “Dia de Reis”, com as tradicionais manifestações culturais – como folia de reis, reisados e congadas – e também pela relação com Baltazar, um dos Reis Magos, que era negro. Com isso, a festa se estabeleceu no dia 6 de janeiro, como também acontece nas cidades de São Roque e Iguape.

Na tradição da Igreja, as festas e memórias litúrgicas dos santos são celebradas no dia do falecimento, considerado não como o dia da morte, mas de nascimento para a vida eterna. Na reforma litúrgica do final dos anos 1960, decorrente do Concílio Vaticano II, a Igreja estabeleceu o dia 4 de abril como data da memória litúrgica de São Benedito.

No caso do Brasil, em 1983 foi concedida uma especial deferência canônica à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que estabeleceu 5 de outubro como o dia de São Benedito. Assim, esse santo franciscano passou a ser recordado imediatamente após o dia de são Francisco de Assis.

12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


_edited.jpg
bottom of page